fbpx

Tiradentes - 228 anos de história

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

"Se todos quisermos, poderemos fazer deste país uma grande nação. Vamos fazê-la."

 

Tiradentes, apelido pelo qual era conhecido Joaquim José da Silva Xavier (1746-1792), foi um dos participantes da Inconfidência Mineira.

Durante sua vida teve várias profissões. Se dedicou às práticas farmacêuticas e arrancava dentes (o que originou o seu apelido) e foi tropeiro, comerciante, minerador, militar.

 

Um pouco da biografia de Tiradentes

A história de Tiradentes começa na Fazenda de Pombal, onde ele nasceu. Esta se encontrava situada entre a Vila de São José e a cidade de São João Del Rei, em Minas Gerais.

Joaquim José da Silva Xavier, seu nome de nascença, era filho de Domingos da Silva Santos, português, e de Maria Antônia da Encarnação Xavier, brasileira.

Ficou órfão muito cedo. Por isso, foi criado em Vila Rica, atual Ouro Preto (MG), por seu padrinho.

Tiradentes aderiu ao movimento dos inconfidentes quando era alferes (militar). Por ser considerado um excelente comunicador e orador foi responsável por conquistar adeptos para a causa revolucionária.

Na busca por mais adesões, Tiradentes viajou para o Rio de Janeiro. Perseguido pelos soldados, se escondeu na casa de um amigo, mas foi encontrado e preso, tal como outros conspiradores.

Tiradentes, como um grande herói, protegeu seus companheiros ao assumir toda a responsabilidade do movimento revolucionário. Embora, alguns tenham sido castigados com o degredo, apenas Tiradentes foi condenado à morte. Isto se explica, porque dentre os conspiradores era o que tinha a patente militar mais baixa.

 

A morte de Tiradentes

Tiradentes foi condenado à forca e executado no dia 21 de abril de 1792. Além disso, foi esquartejado na Praça da Lampadosa no Rio de Janeiro e as partes do seu corpo expostas na estrada que conectava o Rio de Janeiro a Minas Gerais.

Seus bens foram confiscados, sua casa queimada e a terra salgada, castigo comum que a Coroa portuguesa destinava aos traidores.

 

21 de abril: Dia de Tiradentes

A partir da proclamação da República, em 1889, a figura de Tiradentes foi transformada em herói nacional. Deste modo, foi instituído o dia 21 de Abril, dia de sua execução, como Dia de Tiradentes e feriado nacional.

 

Tiradentes e a Inconfidência Mineira

A Inconfidência Mineira pretendia transformar o Brasil numa República independente de Portugal. Este movimento foi influenciado pelas ideias iluministas que circulavam e a independência dos Estados Unidos acontecida em 1774. Eram um grupo constituído por representantes da elite mineira. Havia proprietários de terras, militares, mineradores, advogados, intelectuais e padres.

Estava composto de cerca de 30 membros dos quais se destacam o poeta luso-brasileiro Tomás Antônio Gonzaga (1744-1810) e o poeta mineiro Cláudio Manuel da Costa (1728-1789).

O grupo lutava, sobretudo, pela autonomia das capitanias, a independência da região e a implementação de um sistema de governo republicano.

Também conhecido por Conjuração Mineira, a revolta de caráter separatista, era contra o domínio português e os pesados impostos que a Coroa impunha à já decadente exploração de ouro na colônia.

©2019 Colégio Liberdade Objetivo (11) 2033-0290

Unidade I - Rua Inhabatã, nº 65 - Vila Nitro Operário 
Unidade II e Unidade III em breve

Search